serviços

EXAME

HISPATOLÓGICO

Asset 12

BIÓPSIA

Procedimento cirúrgico no qual se colhe uma amostra de tecido de interesse para análise histopatológica. Existem basicamente quatro tipos de biópsia:

Incisional: retira-se apenas uma fração da lesão, nesses casos não ha avaliação de margens (casos neoplásicos). Indicada nos casos de formações não extirpáveis.

Excisional: retirada da totalidade da lesão. Indicada nos casos de formações extirpáveis, onde muitas vezes se faz necessária a avaliação de margens cirúrgicas (casos neoplásicos).

Punch: amplamente utilizado para realização de biópsias cutâneas. Consiste na retirada de um fragmento constituído por epiderme, derme e eventualmente uma pequena porção da hipoderme, através de um instrumento específico (punch). Indicada nos casos de dermatoses cutâneas.

Endoscópicas:biópsias realizadas com o auxílio de um endoscópio.

Após a retirada, o fragmento deve ser conservado em formol a 10%, em volume total de 10 vezes em relação ao tamanho/volume da peça, por no mínimo 24 horas.

 

EXAME HISTOPATOLÓGICO

Análise microscópica de tecidos e órgãos dos animais obtidos através de biópsia e necrópsia. Tem como objetivo identificar alterações morfológicas neoplásicas, infecciosas, inflamatórias, degenerativas e informações sobre o prognóstico auxiliando o clínico em sua conduta. A coloração histoquímica normalmente utilizada para esse tipo de procedimento é a Hematoxilina e Eosina, mas em muitos casos se faz necessário a utilização de outras colorações histoquímicas específicas, realizadas para identificar alguns agentes infecciosos, pigmentos, tipos celulares e outros.

 

ANÁLISE ANÁTOMO-PATOLÓGICA PARA FINS DE PESQUISAS ACADÊMICAS

Exame necroscópico e histopatológico voltados para fins de pesquisa acadêmica.

 

   Baixar Requisição de Exame

 

   Leia as condições gerais para envio de materiais